terça-feira, 30 de julho de 2013

As Minhas Ruinas de São Miguel das Missões

                 A ida a São Miguel não podia ter sido melhor. Tendo como guia Alcy Cheuiche um grande conhecedor aprendi muito sobre aquela civilização que encantou o mundo de então com seu elevado grau de humanidade e cultura. Quase vi recriado naquelas ruinas toda a beleza e grandeza do projeto comunitário missioneiro. Percorremos tudo que hoje nada mais são do que escombros e, graças à narrativa do guia, pudemos saber que ali onde havia agora apenas parte de um muro ou de uma parede ainda em pé era uma escola ou aposentos dos padres. O Cotiguaçu, o cabilde e todo o resto que compreendia a aldeia com as cabanas já não existem mais. O cemitério, por exemplo, ainda existia há pouco tempo até que um burocrata celerado resolveu passar a patrola e acabar com tudo. Para quem não sabe: O Cabilde era o lugar onde se reuniam para decidir sobre questões da comunidade. Era uma câmara de vereadores, cujo chefe era trocado anualmente por votos de todos, inclusive das mulheres. Os santos ocos em estilo barroco além de serem elementos de culto e adoração serviam para esconder tesouros, em eventual ataque de inimigos e, para minha tristeza, me deparei com a escada da cobra encantada (Adiante explico esta historia) interditada para turistas. O Cotiguaçu funcionava para acolher órfãos, velhos e inválidos. A bem da verdade, permanece em pé parte do muro que o rodeava. Da igreja, elemento central da comunidade, graças a uma obra de restauração e manutenção, foi possível admirar e perceber, no que sobrou, o quanto ela é e era uma visão impressionante. Fico a imaginar o espanto e o ar de admiração de alguém se deparando, nestes confins de mundo, em 1750, com aquela imagem seguida de toda aquela comunidade com em torno de 10.000 habitantes. 
            Esta imagem se sobrepôs, mas, felizmente, não eliminou, a que tinha na minha infânciaquando aqui vim. Esta permanece intocada tanto por pertencer a um mundo que pretendo nunca deixar de cultivar como porque mantendo estas lembranças de infância mantenho o olhar de criança que ainda consegue se maravilhar com o mundo e com as pessoas. Esta lá o guri que subiu, temeroso, as escadas que , diziam, eram habitadas por uma gigantesca jibóia, que tinha o tamanho da escada. Diziam mais: O óleo da grande cobra ainda estava marcado nas paredes escuras das paredes da escada que levava para a janela frontal. Para chegar nesta era preciso, além de subir as escadas, passar por um trecho perigoso constituído de um pequeno espaço que dava apenas para apoias os pés. Isto tornava mais excitante a empreitada. Quando se chegava à janela nós nos vangloriávamos, jubilosos, para os que nos viam lá debaixo. Muitos, a maioria, não se arriscava em passar um trecho de mais ou menos 2 metros em que se tinha de andar de costas e colado à parede e se ocorresse qualquer deslize o resultado seria catastrófico porque a distancia daquele frágil parapeito ao chão era mais de 10 metros. 
Outra lembrança que sempre me foi cara diz respeito a existência de um túnel que interligava as Igrejas de São Miguel com as outras reduções. Tinha até um local que era indicado como a entrada e, se não me engano, ficava ao lado da igreja, contrário ao que ficava o cemitério, mais precisamente, onde eram os aposentos dos padres jesuítas. Nele havia, na época, uma grande figueira que foi plantada justamente para bloquear e esconder a entrada. 
         Os santos ocos que me assustavam antes por sabe- los habitados por entidades fantasmais de outros mundos e que segundo relatos fantasiosos, eram usados para assombrar os pagãos guaranis, nos contatos iniciais, que assim fascinados por uma voz saindo de uma imagem de madeira se deixavam converter. Ouvia todas estas historias com grande interesse que foi se desvanecendo com o passar do tempo. Creio que foi um interesse que ficou lá no fundo adormecido e que agora se acordou com outro chamamento mais racional, menos mítico, mas não menos interessante.

Jorge Alberto Benitz

RESPOSTAS QUE TEM QUE SER DADAS.



               Voltaire dizia: "Posso não concordar com uma só palavra que dizes. Mas defendo até a morte o direito de dizê-las" 
                Porém, Voltaire nunca disse que não tínhamos o direito de responder algumas delas.
               E hoje, quero responder a mais uma "singela" cartinha do Sr. Paulo Brandt, publicada neste espaço no último dia 27 de julho.
                É compreensível e perfeitamente normal que as pessoas tenham ideologia e que defendam esta ideologia. O que não é compreensível é que certas pessoas por se acharem superiores e, na sua estreiteza de pensamento, tornem-se completamente cegas e, não somente incrédulas como também agressivas ao extremo, com aquilo que não aceitam. Julgando-se donos da verdade absoluta. Só a sua verdade é verdade. O resto? Bem, o resto são governos "comunistas", "de araque", "paus mandados", "vermes", "canalhas" e tantos outros adjetivos "desqualificativos" que lí em suas "mimosas cartinhas".
                 Pois hoje, Sr. Paulo Brandt, quero dizer-lhe que estes governos que o Sr. abomina, não doaram a Vale do Rio Doce a troco de banana, como fizeram os seus. Não venderam a Petrobás, o BB e a CEF como os seus quiseram fazer. Jamais dobraram a espinha, ao ponto de tirar os sapatos, quando quiseram adentrar no país dos Yanques mais comunistas do mundo.
           Estes governos que tanto odeias Sr. paulo Brandt, jamais deixaram passar a inflação da casa dos 6%, ao contrário dos seus que sempre tiveram a inflação nas nuvens. Jamais subiram os juros à metade do que os seus pagavam à sanha da banca internacional.
       Estes governos, jamais puseram professores e crianças dentro de contâiners, em verdadeiras escolas de lata, onde no inverno chegava a zero grau e no verão a mais de 50 graus, como fizeram os seus governos e, em nenhum momento ouvi ou li reclamações inflamadas de sua parte com relação à tamanha barbárie.
        Estes governos, que certamente não são os seus porque não governam para as minorias, como faziam os seus, já tiraram mais de 30 milhões da pobreza extrema que os seus governos lá mantinham. Já construíram, em apenas onze meses, 7 novas escolas para eliminar o crime produzido pelo tão propalado e enganoso déficit zero dos seus governos.
            Estes governos, construíram mais de 200 escolas técnicas no nosso Brasil, mais de 14 novas universidades, mais do que dobraram as vagas no ensino superior. Criaram mais de 100 mil bolsas de estudos para alunos estudarem no exterior, enquanto os seus governos não recuperaram uma só escola pública, sequer uma sala de aula, recorrendo ao crime de colocar alunos e professores em verdadeiras escolas de lata.
      Finalizando Sr. Paulo Brandt, não podemos aceitar calados, críticas maliciosas, blasfêmias, ofensas e outras barbaridades de quem comercializa produtos como o tênis "náique", que todos já sabem que, apesar de serem de marca Yanque, são produzidos por mão de obra escrava, de crianças, mulheres e idosos em países pobres pelo mundo afora, onde seres humanos são explorados e obrigados a trabalhar por um prato de boia, enquanto o produto do seu trabalho é comercializado por valores que nem um pai trabalhador pode pagar para dar para seus filhos. Passo longe destas portas comerciais.

Carta publicada no Jornal A Razão do dia 29/07/2013
Lucio Flavio Lautenschlager
Santa Maria - RS

ABRAÇAR OS MÉDICOS. 4.657 cadastrados.



              Os brasileiros deste país com tantas desigualdades e carências se sentem orgulhosos do esforço, da conduta honrada e do abnegado compromisso com o serviço público de cada um dos 4.657 médicos cadastrados até meia-noite deste domingo (28), prazo final para entrega de documentos e correções na inscrição. Esta encerrada a primeira etapa de seleção. Desse total, 3.891 possuem registro profissional válido no Brasil e 766 têm diplomas do exterior. 

Gustavo de Melo.

segunda-feira, 29 de julho de 2013

Olivio Dutra Senador do Rio Grande do Sul.

        



        Sonhar é bom, sonhar e solidariedade e companheirismo pode se tornar realidade. 

                 
                 Meu companheiro, me sentiria muito feliz, honrado e na paz se fosse candidato de todos os Gaúchos a o senado Brasileiro. Nós merecemos tua liderança, tu és o cara. Topa cara. Seria tudo de bom. vamos que vamos, a regional do PT Vale do Jaguari sonha com isto faz tempo. Vamos mano veio. Galo missioneiro. Nos honra com esta missão.

domingo, 28 de julho de 2013

A podridão do judiciário.



Nomeado há seis anos para o Tribunal de Contas da União (TCU), o ministro Raimundo Carreiro envelheceu, sem truque de beleza ou matemática, só quatro de lá para cá. Depois de assumir o cargo, conseguiu na Justiça mudar sua data de nascimento de setembro de 1946 para setembro de 1948 e, assim, esticar em dois anos a permanência na corte, tida como o "céu" de políticos e servidores públicos em fim de carreira.

A manobra adia a aposentadoria do ministro, obrigatória aos 70 de idade, e lhe assegura a posse na presidência do tribunal no biênio 2017-2018, escanteando colegas de plenário.

O comando do TCU é definido anualmente numa eleição pró-forma, que ratifica acordo de cavalheiros previamente costurado. O presidente exerce mandato de um ano, renovado sempre por mais um. Pela tradição, o escolhido é sempre o ministro mais antigo de casa que ainda não exerceu a função. O próximo da fila é Aroldo Cedraz, que tomou posse em janeiro de 2007, dois meses antes de Carreiro, e sucederá a Augusto Nardes no período 2015-2016. Em seguida, será a vez de Carreiro, que, com nova certidão de nascimento, tirou a cadeira de José Múcio Monteiro. "Pode ser consequência (assumir a presidência), mas não que o objetivo seja esse", diz Carreiro.

A decisão que o "rejuvenesceu" foi obtida na Comarca de São Raimundo das Mangabeiras, município do interior do Maranhão em que cresceu, foi vereador e se tornou influente. Para remoçar dois anos, Carreiro mostrou à Justiça certidão de batismo da Igreja de São Domingos do Azeitão, lugarejo vizinho a Benedito Leite, onde veio ao mundo. Preenchido à mão e de difícil leitura, o documento registra o nascimento de "Raimundo", filho de Salustiano e Maria, em 6 de setembro de 1948, e não nos mesmos dia e mês de 1946, como no registro civil original do cartório.

Antes de migrar para o TCU, em março de 2007, Carreiro se aposentou no Legislativo usando a idade antiga, ou seja, aos 60 anos contados de 1946, e salário integral. Deixou a Secretaria-Geral da Mesa do Senado para ser empossado no TCU. A remuneração bruta alcança hoje R$ 44 mil, mas, segundo o Senado, não é paga por causa dos proventos do TCU, não acumuláveis.

Em 2008, já aposentado, Carreiro recorreu à Justiça para "corrigir" a confusão. Desta vez, lhe interessava comprovar a data de nascimento de 1948.

A sentença da Justiça maranhense saiu em março de 2009. Antes de concordar com a troca do registro, o Ministério Público rejeitou duas vezes os documentos juntados por Carreiro. Foi preciso o ministro viajar para São Raimundo e levar à audiência o padre de São Domingos, com livro de batismo e tudo. "Sabe quantos dias ele ficou para dar esse parecer? Contei: 43", recorda Carreiro, reclamando do promotor Cássius Guimarães Chai: "Ele é muito conhecido lá, porque é muito ‘cri-cri’", acrescentou o ministro.

Reforçaram o conjunto probatório os depoimentos da mãe biológica, Maria Pinheiro da Silva, que corroborou a data, e os de dois conhecidos da época de menino. Questionado se o registro de batismo é 100% certo, o padre atual, José Edivânio de Lira, explica: "Aqui é comum dar os dados de cabeça. É um pouco mais preciso, apesar da dúvida".

Origem do problema. Embora nascido nos anos 1940, Carreiro só foi registrado em cartório em junho de 1965, em São Raimundo, o que era comum no passado. Na versão dele, foi por pressão dos políticos da época, interessados em qualificá-lo para votar, que o cartório marcou 18 anos de idade, e não 16. Com a fraude, sustenta, a irmã Floracy passou a ser, no papel, apenas três meses mais velha, ou seja, sem o intervalo de uma gestação. "Ficou por isso mesmo", diz Carreiro. Na ação, ele argumentou que, embora transcorrido tanto tempo, era alvo de chacota dos familiares e, nas consultas médicas, obrigado sempre a reiterar a idade "de fato".

No TCU, a notícia da retificação provocou críticas. "O poder rejuvenesce", ironizou fonte graduada do tribunal. Além de administrar a estrutura da corte, com um orçamento anual de R$ 1,5 bilhão, o presidente não relata e julga processos, cumprindo, a seu critério, agenda recheada de negociações políticas e viagens internacionais.

do Estadão.

Blogueiro que denunciou estupro envolvendo filho do diretor da RBS é encontrado morto

Mosquito foi o blogueiro mais incisivo nas denúncias sobre o caso de estupro envolvendo o filho do dono da poderosa RBS, afiliada da TV Globo

Blogueiro Mosquito
A quem interessava a morte de Mosquito?
Comentário do Site: A morte de Mosquito, que jamais se calou diante da operação abafa implementada por um grupo poderoso e pelos seus cúmplices, é um alívio para quem não estava nem um pouco acostumado a ter o calcanhar pisoteado. Agora já podem retomar tranquilamente a rotina. Caberá novamente às mídias alternativas fazer um pouco de barulho em meio ao silêncio conveniente; um silêncio que nem sequer esboça sinal de partida.
O blogueiro Amilton Alexandre, o Mosquito, foi encontrado morto em seu apartamento, em Palhoça, Santa Catarina, na tarde de ontem (13). Segundo a polícia, tratou-se de “suicídio por enforcamento”. A rápida conclusão, porém, não convenceu seus amigos e familiares, que exigem rigorosa apuração do caso.
Com suas “tijoladas” na internet, Mosquito fez inúmeros inimigos. Nos últimos tempos, ele alertou que estava sendo ameaçado. Na semana retrasada, ele anunciou o fim da sua página: “O blog Tijoladas acabou para eu continuar vivo. Não é uma capitulação. Não mudei meu modo de pensar. Não mudei minhas convicções”.
Um amigo pessoal de Mosquito, que pediu para ter o seu anonimato por ora preservado, revelou a Pragmatismo Político suas importantes impressões sobre a misteriosa morte do blogueiro. As informações seguem caminho completamente contrário às versões oficiais.
“Quem conheceu Mosquito sabe que não se suicidaria”, disse, enumerando as diversas razões que indicam a impossibilidade de suicídio. “Ele era alvo de várias ameaças de morte. Era defensor da sustentabilidade, modo de vida saudável, andava de bicicleta, trocava frutas e verduras do quintal com seus vizinhos. Era defensor da transparência e combatia os poderosos. Era pai de uma adolescente. Filho querido de uma mãe ainda viva por quem tinha muito carinho. Um cidadão com esse perfil não se suicida. A porta da sua casa estava aberta. Sua casa é de esquina, de um lado os fundos, do outro, um terreno baldio. Foi encontrado com lençol enrolado no pescoço, quem se suicida de forma tão cruel, correndo risco de morte lenta e dolorosa? Sendo morador solitário, não seria mais fácil entupir-se de comprimidos?
Mosquito ganhou fama nacional ao denunciar um caso de estupro em Florianópolis, envolvendo o filho de um diretor da poderosa RBS, afiliada da TV Globo.

O Papa e a cabeleireira de Santiago do Boqueirão.


          Sandra foi cortar o cabelo no salão que frequentava há mais de vinte anos em Santiago.
- Menina, tô ansiosa... Vou pra Itália amanhã! 
- Itália?- perguntou a cabeleireira - Com tanto lugar bom pra ir, TU vai pra Itália? 
- É, eu vou pela Alitalia. 
- Puta que pariu, a pior companhia de aviação do mundo. Vai pra que cidade? 
- Roma.. 
- Que merda! Cidadezinha feia! Vai se hospedar aonde? 
- No Hilton. 
- Que ...., Eu hein! Aquilo é o maior pardieiro! 
        Vai ver o papa? 
- Claro! 
- Programinha de Índio, hein!  Milhões de pessoas se acotovelando só pra ver o papa. 

        Sandra saiu do salão injuriada. 
      No dia seguinte, viajou e curtiu a viagem, que foi ótima. Logo que voltou, fez questão de voltar ao salão. 
- E aí, como foi a viagem? Perguntou a cabeleireira. 
- Menina, você não sabe o que me aconteceu. Eu tava lá no Vaticano tentando ver o papa. 
Logo que o papa chegou na sacada, ele olhou pra multidão e desceu.  Saiu de lá e começou a andar na minha direção. Foi se aproximando de mim cada vez mais.  Quando o PAPA chegou bem pertinho, falou um troço no meu ouvido. Só pra mim! 
- E o que o papa falou pra você? 
- Cabelinho mal cortado, hein, minha filha ? QUE MERDA DE CABELEIREIRA É A TUA !

sábado, 27 de julho de 2013

A falsa imagem e o alcoolismo.



           O Português procura uma foto sua para enviar à família em Portugal.Como não achou, foi até o banheiro para pentear o cabelo e sair para tirar a foto. Ao chegar ao espelho, percebeu sua imagem refletida e disse:
- Ora pois, vou enviar esse espelho que têm a minha imagem e pronto'; Não preciso nem "gastare" dinheiro com foto.
           Quando o embrulho chegou a Portugal, seu pai foi logo abrindo curioso pra ver a foto do filho que a tempos não via. Quando se deparou com o espelho, gritou assustado...
- Maria venha cá correndo, veja como nosso filho envelheceu, até parece um velho de 60 anos.. E ainda está com a cara de pinguço' !!!
          Maria ao se debruçar no ombro de Joaquim, disse :
- Também pudera, com essa velha feia, com cara de puta ao seu lado, só podia mesmo virar alcoólatra...

O Papa e o Português. Deus me perdoe, mas é muito boa.

            Um português abre uma filial de sua empresa de pregos em Roma.
         Como propaganda, fez um outdoor com a figura de Cristo pregado na cruz e embaixo estava escrito        : "PREGOS GARCIA - 2000 ANOS DE GARANTIA" ·
             Foi aquele rebuliço! 
            O Bispo de Roma foi pessoalmente conversar com o Português e explicar que ele não podia fazer isso. Então o português resolveu fazer um novo outdoor. Colocou Cristo com uma das mãos pregadas na cruz e a outra solta, dando tchau. Embaixo estava escrito:    "ADIVINHE EM QUAL MÃO FOI USADO PREGO GARCIA!" ·
            Meu Deus do céu!!! Até o Papa foi conversar com o português.
 - Assim não dá! O senhor não pode usar Jesus Cristo como garoto propaganda. Invente outra coisa... "Então vou fazer um novo outdoor..." -pensou o Português. Colocou uma foto da cruz vazia e embaixo escrito:
 "SE O PREGO FOSSE GARCIA, O CARA NÃO FUGIA..."

IMPORTANTE - PARTICIPAÇÃO POPULAR E CIDADÃ.

PARTICIPE DA VOTAÇÃO DE PRIORIDADES
E DA CONSULTA SOBRE REFORMA POLÍTICA

        Nos dias 6 e 7 de agosto acontece em todo estado a Votação de Prioridades – etapa final da elaboração do orçamento do estado de forma participativa. Neste ano, o processo apresenta uma novidade: a inclusão de uma consulta sobre a Reforma Política.

        Cada cidadão poderá votar pela internet, no Portal da Participação – www.participa.rs.gov.br – ou em urnas distribuídas em todos os municípios do estado.
        PARTICIPAÇÃO POPULAR E CIDADÃ.
        O ESTADO É DE TODOS.

        A DECISÃO SOBRE O ORÇAMENTO TAMBÉM.

sexta-feira, 26 de julho de 2013

Cena de ciumes intolerável.


A mãe pede ao filho para ligar ao pai, no celular, avisando a hora do jantar.

- E aí? 
-O que ele disse? 
-Já vem?
- Já liguei três vezes, mãe, mas quem sempre atende é uma mulher.
- Deixa comigo! Aquele cachorro vai ver, quando chegar em casa!
Mal o pai aparece na frente da casa, a mãe parte prá cima dele e lhe aplica a maior surra, com tudo o que encontra à disposição: cabo de vassoura, frigideira, tampa de panela. 
Os vizinhos se aproximam para ver o que está acontecendo, mas encontram a mulher irada!
- Safado, cafajeste! Venha cá, filho! Diga aqui prá todo mundo o que foi que aquela piranha falou prá você no telefone!
- Ela disse: “o número para o qual você ligou encontra-se desligado ou fora da área de cobertura”.

Mulher é agredida fazendo amor. Uma vergonha.


                Três vizinhas, duas brasileiras e uma portuguesa, conversam:
- Quando faço amor com Rafael reparo que o saco dele é gelado - disse uma brasileira.
- O saco do meu Carlos também é geladinho - comenta a outra brasileira.
Nisso, a portuguesa diz:
- Ô pá, eu nunca reparei nesse detalhe, mas esta noite, quando eu fizer amor com o Manuel, vou tocá-lo só pra "veire".
          No dia seguinte, a portuguesa aparece toda cheia de hematomas e com um baita olho roxo.As brasileiras ficam surpresas, perguntam o que foi que aconteceu e a portuguesa responde, muito nervosa:
- Isto é culpa de vocês!!!
Ontem eu estava a "fazeire" amor com o Manuel e, quando lhe toquei as bolas, eu disse:
- Ai, Manuel... Que bom... Tu não tens as bolas frias como as do Carlos e as do Rafael !

Tragédia no hospital. Absurdo.



          Joaquim era enfermeiro de uma UTI e tratava de uma mulher internada em estado de paralisia total.
          Em poucos meses a barriga dela começa a crescer e o médico, após alguns exames, constata que ela está grávida, para o espanto de todos.
       Ao saber do ocorrido, a direção do hospital resolve dar queixa na delegacia para encontrar o culpado.
           A polícia, então, começou interrogando o Joaquim:
- O senhor era o enfermeiro da paciente grávida?
- Sim senhoire...
- E foi o senhor então quem engravidou a moça?!
- Foi sim, senhoire, mas só fiz por ordem do hospital e cumpri rigorosamente o que estava escrito na ficha de acompanhamento da paciente, da qual eu tenho uma cópia.
- Como assim? O que estava escrito no boletim médico?
         Joaquim, então, retirou do bolso uma cópia da ficha de acompanhamento e leu para o delegado:
- "Mulher, 32 anos, desacordada, não reage a nenhum estímulo - COMA"

quinta-feira, 25 de julho de 2013

Jerônimo Goergen ; Luis Carlos Heinze ; Vilson Covatti e 86 deputados federais são favoráveis à espionagem dos EUA

Parlamentares do DEM, PMDB, PSDB, PMN, PP, PR, PRP, PSB, PSC, PSD e PTB votaram contra a moção de repúdio à espionagem estadunidense de cidadãos, empresas e instituições brasileiras. A maioria é da bancada ruralista e evangélica. No RJ, constam da lista dos traidores da pátria Jair Bolsonaro, Rodrigo Maia, Andrea Zito, Sergio Zveiter e Deley. Reportagem do Brasil de Fato.
A Câmara dos Deputados aprovou, na última terça-feira (9), uma moção de repúdio ao governo dos Estados Unidos em razão da denúncia de espionagem de mensagens eletrônicas e telefonemas brasileiros.
A proposta apresentada por José Guimarães (PT), no entanto, foi rejeitada por 86 deputados federais. Os votos contrários à moção foram registrados por deputados dos partidos DEM, PMDB, PSDB, PMN, PP, PR, PRP, PSB, PSC, PSD e PTB, pertencentes às bancadas evangélica e ruralista, como aponta o mapeamento da votação realizado pela Diálogos do Sul.
Em números percentuais os partidos que se mostraram mais favoráveis à continuidade das ações de espionagem dos Estados Unidos contra o Brasil foram o DEM – 20 dos 23 deputados; o PSD – também 20 dos 32 deputados; o PP – 17 dos 24 deputados; e o PSC – 8 de 10 deputados. Merece registro que 14 deputados do PMDB votaram contra a moção, o que representa cerca de 20% da bancada do partido na Câmara dos Deputados.
10 TUCANOS SE ABSTÊM
Já as principais lideranças tucanas na Câmara se abstiveram na votação. Líderes do PSDB, tais como Mendes Thame, Duarte Nogueira, Eduardo Azeredo, Antonio Imbassahi, Jutahi Junior e Nelson Marchezan Júnior votaram pela abstenção. De acordo com a Diálogos do Sul, “tal fato reforça as denúncias de que desde o governo FHC, empresas e o próprio governo brasileiro colaboram com as autoridades e práticas imperialistas dos Estados Unidos”.
A MOÇÃO DE REPÚDIO
Nós, parlamentares da Câmara dos Deputados da República Federativa do Brasil, manifestamos:
O nosso repúdio à espionagem e o monitoramento de bilhões de e-mails, telefonemas e dados de empresas e cidadãos brasileiros, bem como do governo do Brasil, supostamente realizados por agências de inteligência dos Estados Unidos da América, que violam direitos de empresas e cidadãos brasileiros e atentam contra a soberania nacional.
Ao mesmo tempo, externamos o nosso apoio às iniciativas do Estado brasileiro, que pretende levar este grave caso à consideração da Organização das Nações Unidas (ONU) e da União Internacional das Telecomunicações (UIT).
Declaramos, ademais, nossa concordância com as iniciativas destinadas a criar uma agência multilateral, no âmbito do sistema das Nações Unidas, para gerir e regulamentar a rede mundial de computadores, poderoso instrumento de uso compartilhado da humanidade.
Por último, externamos a nossa apreensão com a segurança do cidadão estadunidense Edward Snowden, que está refugiado, há dias, no aeroporto de Moscou.
OS TRAIDORES
Confira a lista dos parlamentares que são favoráveis à continuidade da espionagem dos EUA e contra o respeito à privacidade de cidadãos, empresas e instituições brasileiras:
DEM – 16 votos (total da bancada, 20)
Abelardo Lupion – PR; Alexandre Leite – SP; Augusto Coutinho – PE; Claudio Cajado – BA; Davi Alcolumbre – AP; Eli Correa Filho – SP; Jairo Ataíde – MG; Jorge Tadeu Mudalen – SP; Júlio Campos – MT; Luiz de Deus – BA; Mandetta – MS; Mendonça Filho – PE; Onyx Lorenzoni – RS; Paulo Cesar Quartiero – RR; Rodrigo Maia – RJ; Ronaldo Caiado – GO.
PMDB – 12 votos (total da bancada, 64)
Aníbal Gomes – CE Obstrução; Darcísio Perondi – RS; Edio Lopes – RR; Fernando Jordão – RJ; Lucio Vieira Lima – BA; Marçal Filho – MS; Marcelo Almeida – PR; Mauro Mariani – SC; Osmar Terra – RS; Silas Brasileiro – MG; Valdir Colatto – SC; Wladimir Costa – PA
PMN – 2 votos (total da bancada, 3)
Francisco Tenório – AL; Jaqueline Roriz – DF
PP – 17 votos (total da bancada, 24)
Arthur Lira – AL; Dilceu Sperafico – PR; Esperidião Amin – SC; Iracema Portella – PI; Jair Bolsonaro – RJ; Jerônimo Goergen – RS; Lázaro Botelho – TO; Luis Carlos Heinze – RS; Luiz Fernando Faria – MG; Missionário José Olimpio – SP; Renato Andrade – MG; Renzo Braz – MG; Roberto Balestra – GO; Roberto Britto – BA; Roberto Teixeira – PE; Sandes Júnior – GO; Vilson Covatti – RS.
PR – 5 votos e 1 abstenção (total da bancada, 24)
Bernardo Santana de Vasconcellos – MG; Henrique Oliveira – AM; Maurício Quintella Lessa – AL; Paulo Freire – SP; Vicente Arruda – CE (Abstenção).
PRP – 1 voto (total da bancada, 2)
Jânio Natal – BA.
PSB – 2 votos e 1 abstenção (total da bancada, 21)
Fernando Coelho Filho – PE (Abstenção); Júlio Delgado – MG; Paulo Foletto – ES
PSC – 8 votos (total da bancada, 10)
Andre Moura – SE; Costa Ferreira – MA; Deley – RJ; Lauriete – ES; Nelson Padovani – PR; Pastor Marco Feliciano – SP; Takayama – PR; Zequinha Marinho – PA
PSD – 20 votos (total da bancada, 32)
Ademir Camilo – MG; Arolde de Oliveira – RJ; Átila Lins – AM; Carlos Souza – AM; César Halum – TO; Danrlei De Deus Hinterholz – RS; Eduardo Sciarra – PR; Eleuses Paiva – SP; Fernando Torres – BA; Guilherme Campos – SP; Hélio Santos – MA; Hugo Napoleão – PI; Jefferson Campos – SP; João Lyra – AL; José Carlos Araújo – BA; Júlio Cesar – PI; Manoel Salviano – CE; Onofre Santo Agostini – SC; Sergio Zveiter – RJ; Walter Ihoshi – SP
PSDB – 2 votos contra a moção e 10 abstenções (total da bancada, 39)
Andreia Zito – RJ; Alfredo Kaefer – PR; Abstenções- Antonio Carlos Mendes Thame – SP; Antonio Imbassahy – BA; Duarte Nogueira – SP; Eduardo Azeredo – MG; Jutahy Junior – BA; Nelson Marchezan Junior – RS; Nilson Leitão – MT; Plínio Valério – AM; Reinaldo Azambuja – MS; Vaz de Lima – SP; William Dib – SP.
PTB – 2 votos (total da bancada, 13)
Arnaldo Faria de Sá – SP; Sérgio Moraes – RS.


Fonte: Brasil de Fato

O Papa, os 3 gaúchos e o argentino.

Em visita ao litoral do Rio Grande do Sul, o Papa foi levado à praia do Albatroz onde presenciou uma cena impressionante.
Algumas pessoas gritavam, desesperadas, apontando para o mar.
Forçando a vista, Sua Santidade pode ver um jovem, vestido com a camisa da seleção Argentina, lutando desesperadamente contra o ataque de um tubarão!
O pânico era geral, mas três homens se aproximaram da água.
Um arremessou um arpão que acertou no corpo do tubarão; o segundo arrancou o jovem ensanguentado de sua enorme boca, enquanto o terceiro abatia a feroz criatura com vigorosas cacetadas.
Depois de levar o Argentino inconsciente até a areia, os três sujeitos arrastaram o tubarão até as proximidades de uma camionete e colocaram na caçamba.
Ainda cansados, os gaúchos foram levados até as proximidades do Papa-móvel.
O Papa, visivelmente emocionado, lhes dirigiu uma benção especial.
-Caríssimos irmãos do Rio Grande: a cena que hoje presenciei me ensinou muito acerca a grandeza dos homens, filhos de Deus. Sem considerar a rivalidade que existe entre os brasileiros e argentinos, um gesto nobre, superior e heróico, levou estes abnegados riograndenses a salvar um irmão das garras da morte, mesmo sendo este um Argentino. É um grande exemplo para a busca da paz entre os homens, sempre em conflito!
O Papa se despediu, emocionado, e, enquanto o Papa-móvel se afastava, um dos gaúchos perguntou aos outros:
-Escuta, tchê, quem é este velhote?
-Bah, guri! Deixa de ser ignorante, tchê, este é o Papa, o santo padre, o cara que fala direto com o Homem lá de cima! Ele tem a sabedoria divina. 
- Sabedoria divina ele pode ter, tchê, mas não entende nada de pesca de tubarão. 
- Cadê a isca? 
- Fugiu de novo? 
Da próxima vez vamos amarrar o argentino com arame, é mais seguro.

"o foco da preocupação das elites"


Gustavo de Mello

MAS QUE MARAVILHA - de Jorge Alberto Benitz "Em episódios recentes envolvendo questões como bolsa- família, a legalização trabalhista da empregada doméstica, a questão das cotas nas universidades, a ascensão da nova classe média e sua maior presença nos aeroportos, ficou visível o foco da preocupação das elites: a perda da distinção. Qualquer diminuição do fosso entre o topo e a base da pirâmide social, da distância da senzala em relação à casa grande, é percebido por esta última como ameaça de perda de privilégios seculares. Daí o ódio que cultivam contra Lula e o PT."

quarta-feira, 24 de julho de 2013

O Mais Médicos vai ajudar a fortalecer a atenção básica.

“O Mais Médicos vai ajudar a fortalecer a atenção básica, que é capaz de resolver 80% dos problemas de saúde sem a necessidade de recorrer a um hospital. E o que faz diferença no atendimento à população é o médico presente na unidade básica de saúde perto de casa. Não se faz saúde sem bons profissionais”, diz o ministro Alexandre Padilha.

Mais vagas. O programa Mais Médicos prevê ainda a criação de 11,5 mil novas vagas de Medicina e 12 mil de residência em todo o país, além do aprimoramento da formação médica no Brasil com a inclusão de um ciclo de dois anos extras na graduação em que os estudantes terão de atuar no Sistema Único de Saúde (SUS).

As inscrições no Mais Médicos podem ser feitas pelo site do Ministério da Saúde (www.saude.gov.br) até quinta-feira. No cadastro, os prefeitos e secretários de saúde devem indicar as unidades básicas de saúde de suas regiões em que há falta de médicos. No dia 26, será publicado o total de vagas existentes em cada cidade inscrita. E, até dia 28, os médicos brasileiros inscritos no programa poderão escolher o município onde querem atuar.

Em 1º de agosto será divulgada a relação de profissionais com registro profissional no Brasil que terão de homologar a participação e assinar um termo de compromisso até 3 de agosto. As vagas remanescentes serão divulgadas em 6 de agosto. O processo de escolha nesta segunda etapa vai até 8 do mesmo mês e os resultados serão publicados em 13 de agosto.Os profissionais que atuarão no programa receberão bolsa federal de R$ 10 mil, paga pelo Ministério da Saúde.

terça-feira, 23 de julho de 2013

Seleção unificada para o ensino técnico será aberta em Agosto

O Sistema de Seleção Unificada para Cursos Técnicos (Sisutec) será aberto em agosto para facilitar o acesso aos cursos técnicos e de qualificação profissional do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), que alcançou a marca de 4 milhões de matrículas. O anúncio foi feito nesta segunda-feira (22), pela presidenta da República, Dilma Rousseff.
Pensado nos moldes do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que seleciona candidatos a vagas em instituições públicas de ensino superior, e do Programa Universidade para Todos (ProUni), que tem como foco instituições particulares, o Sisutec servirá para preencher vagas no ensino técnico.
A seleção para o Sistema será baseada na nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Institutos federais de educação, ciência e tecnologia, instituições do Sistema S, escolas técnicas das redes estaduais e universidades informarão o número de vagas disponíveis no cadastro do Sisutec. O estudante terá acesso on-line ao cadastro para em seguida fazer a inscrição, com a indicação da escola e do curso de preferência.
De acordo com a presidenta, o Sisutec vai facilitar o acesso aos cursos técnicos do Pronatec para quem já terminou o ensino médio e pretende fazer o técnico. “Quem concluiu o ensino médio e não teve acesso a uma universidade vai agora ter a oportunidade de fazer um bom curso técnico”, salientou Dilma. O sistema é considerado uma oportunidade para quem pretende se especializar.
Durante o pronunciamento, foram destacados os cursos técnicos do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e ao Emprego (Pronatec), que teve 1,25 milhão de matrículas de jovens e alunos de escolas públicas. Além deles, os cursos de qualificação profissional para os trabalhadores, que dura de dois a quatro meses, receberam 2,75 milhão de matrículas.


Pronatec
O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec), criado em outubro de 2011, tem como objetivo principal expandir, interiorizar e democratizar a oferta de cursos de Educação Profissional e Tecnológica (EPT) para a população brasileira.
O programa prevê uma série de subprogramas, projetos e ações de assistência técnica e financeira que juntos oferecerão oito milhões de vagas a brasileiros de diferentes perfis nos próximos quatro anos.


Enem
O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) tem o objetivo de avaliar o desempenho do estudante ao fim da escolaridade básica. Podem participar do exame alunos que estão concluindo ou que já concluíram o ensino médio em anos anteriores. A prova é utilizada como critério de seleção para os estudantes que pretendem concorrer a uma bolsa no Programa Universidade para Todos (ProUni). Além disso, cerca de 500 universidades já usam o resultado do exame como critério de seleção para o ingresso no ensino superior, seja complementando ou substituindo o vestibular.


Fontes:
Ministério da Educação

domingo, 21 de julho de 2013

Grêmio, foi Luxemburro contrataram um Burro de Luxo.

                 
                Como sou meio visionário no quesito Grêmio Futebol Porto Alegrense, afirmo. Saiu Luxemburro e entrou um burro de luxo como técnico. Querem imitar o Internacional em ter um líder como técnico. Conheci o Renato nas noites de Poa e nas entrelinhas, vai levar o Grêmio para pior estado nos últimos tempos. Bom para quem vai implodir sua casa, seu museu de história e lutas sangue e suor, merece mesmo este torto. Vão se ferrar.
                 Portalupi, briga com os jogadores, com a direção, com sua sombra e contamina sua equipe que começam a brigar no campo, logo ali vão brigar entre eles.
                Rumo a segundona com Arena em Canoas e a demolição na Azenha.
                Uma Verrrrrrrrrrrgonha.

quinta-feira, 18 de julho de 2013

agora depois de mandar tomar no c.. e ligar o foda-se,......

"agora depois de mandar tomar no c.. e ligar o foda-se, que às vezes também é saudável, vamos respirar e voltar ao equilíbrio, aí recebo essa mensagem do Osho:

Meditação para pessoas ocupadas"

“Sua mente é constantemente bombardeada de todos os lados por todo tipo de pensamentos.
Para proteger a si mesma, cada mente criou uma barreira sutil de amortecedores, assim esses pensamentos são repelidos, eles não penetram na sua mente.
Isso é basicamente bom, mas então lentamente esses amortecedores cresceram tanto que agora eles não permitem que coisa alguma penetre.

Mesmo que você queira, eles não estão mais sob seu controle. 
E a única maneira de interrompê-los é do mesmo modo de interromper seus próprios pensamentos.
Apenas torne-se uma testemunha de seus pensamentos. 
E quando seus pensamentos começarem a desaparecer, a necessidade de amortecedores para proteger esses pensamentos não estará mais lá: esses amortecedores começarão a cair.

Esses são todos fenômenos abstratos, assim você não pode vê-los, porém os efeitos deles estão lá.
Somente o Homem que sabe como meditar sabe como escutar, ou vice-versa.
O Homem que sabe como escutar sabe como meditar, porque é a mesma coisa.
Passo 1: Sente-se ao lado de uma árvore, na sua cama, em qualquer lugar – apenas tente escutar o ruído do tráfego, mas intensa e totalmente, sem nenhum julgamento de que isso é bom ou ruim.
Seus pensamentos irão diminuir, e com isso seus amortecedores irão cessar, e subitamente um intervalo se abre o qual lhe conduz para o Silêncio e Paz.
Por séculos essa tem sido a única maneira para qualquer pessoa se aproximar da realidade de seu próprio Ser e do Mistério da Existência.
E quando você chega mais perto, você começa a se sentir mais Calmo, mais Feliz; você começa a se sentir Realizado, Contente, Satisfeito.
Chega ao ponto onde você fica tão cheio de Alegria que você pode compartilhar com o Mundo inteiro; ainda assim sua Felicidade irá permanecer a mesma.
Você pode continuar dando, mas não há nenhuma maneira de exauri-la.
Aqui você só pode aprender o método; depois você tem que utilizar esse método sempre quando você puder, onde lhe for possível.
E você tem tanto tempo – andando de ônibus, viajando de trem, deitado na cama... “
Osho

terça-feira, 16 de julho de 2013

Educação nos governos anteriores, Educação Governo Tarso.


Principais realizações do governo do Estado na Educação Gaúcha 

Quando assumimos o governo em 2011 encontramos uma situação caótica da Educação do Rio Grande do Sul, escolas interditadas com mais de mil processos emergenciais acumulados desde 2003. Escola de latas, onde alunos e professores estudavam e trabalhavam em condições precárias, setores pedagógicos e bibliotecas fechadas, professores sem possibilidade de fazer formação continuada em horário de trabalho, promoções atrasadas desde 2002, quadro de professores instável com 21 mil contratos precários em caráter temporário, a rede escolar fora do acesso ao uso das novas tecnologias de informação e um arrocho salarial expresso com índices de reposição do governo 2003 – 2006, de 19,79% contra uma inflação de 26,76% e no governo 2007-2010, 6,04% de reposição (não considerando a lei Brito) contra uma inflação de 24,12%. 
A este processo regressivo respondemos com uma política de retomada geral dos investimentos para a recuperação da qualidade da Educação Pública Estadual. Extinguimos as escolas de lata, já realizamos 1.584 obras com investimento de R$ 230 milhões, incluindo os processos emergenciais parados desde 2003. Para além disso, estamos contratando a primeira leva de projetos para a reforma total de 524 escolas do Plano de Necessidades de Obras, PNO, o que significara um investimento de mais de R$ 500 milhões na recuperação física das escolas. Implementamos uma política de formação, capacitação e atualização permanente dos nossos professores, estimulando o seu desenvolvimento intelectual, inclusive disponibilizando diárias para a participação em cursos e seminários. Em 2012, investimos R$ 16 milhões na atualização de nossos mestres, em 2013 já investimos R$ 29 milhões na capacitação de professores e na qualificação dos recursos pedagógicos. Não só reabrimos os setores pedagógicos e bibliotecas, como investimos só em 2012, mais de R$ 3 milhões em livros e continuaremos investindo em 2013 em torno de R$ 4 milhões em livros para a qualificação das nossas bibliotecas. Retomamos as promoções, promovendo 9.382 professores em 2011 e já realizamos dois concursos públicos para regularizar a situação dos professores contratados. Estamos implantando o projeto Província de São Pedro - Modernização Tecnológica – que já distribuiu mais de 20 mil netbooks para professores e alunos, e 22 mil tablets para professores do Ensino Médio e temos como meta a distribuição de 100 mil equipamentos até dezembro de 2014, com investimento de mais de R$ 80 milhões, contribuindo de forma decisiva para a difusão da cultura digital em nossas comunidades escolares. 
No plano pedagógico, aderimos ao Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa para os Anos Iniciais do Ensino Fundamental e iniciamos depois de um amplo debate nos processos de Conferência de 2011, a reestruturação curricular do Ensino Médio seguindo as diretrizes do Conselho Nacional de Educação, nos antecipando ao processo de reestruturação ao nível nacional que agora será orientado pelo Ministério da Educação com os mesmos princípios, orientações e forma de organização curricular que estamos implantando. Em 2012, primeiro ano da reforma, já colhemos os primeiros frutos com a redução da reprovação em 7%.
Rompemos o arrocho salarial dos governos passados com o reajuste, para o período de 2011-2014, de 76,6% aos professores e funcionários de escolas contra uma inflação estimada em 26% no mesmo período. Isso significa um aumento real em torno de 50% em quatro anos que é um ganho sem precedente na história dos educadores gaúchos. Além disso, nenhum professor da rede pública estadual recebe menos que o piso salarial nacional, embora ainda não haja a repercussão na carreira. 
Ao mesmo tempo, o governo manteve o Plano de Carreira, ao contrário da maioria dos Estados que achataram seus planos de carreira, transformando o piso em teto. O governo do Estado reconhece o piso salarial do magistério como uma questão de justiça e merecimento dos professores, mas o piso reajustado pelo Fundeb não é factível, não é realizável, não é real e não poderá ser cumprido pelo setor público, estados e municípios. É necessário que ele volte à proposta original como foi formulada, inclusive com a participação do então ministro Tarso Genro, ou seja, o piso reajustado pelo INPC que é o índice da inflação utilizado para a correção de todos os salários do Brasil. Nessas condições, piso e plano de carreira tornam-se compatíveis e podem garantir ganhos efetivos para os educadores. 
Hoje estamos em ascensão em todos os aspectos: currículo, introdução de novas tecnologias, recuperação física das escolas e valorização profissional. A curva descendente de 30 anos foi superada. Reafirmamos o nosso respeito aos educadores e o nosso compromisso com a Educação Pública de qualidade, democrática e para todos. 

Secretaria de Estado da Educação

Uma vergonha, podridão. - Informações preocupantes - Superior Tribunal de Justiça.

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) é formado por 33 ministros. Foi criado pela Constituição de 1988. Poucos conhecem ou acompanham sua atuação, pois as atenções nacionais estão concentradas no Supremo Tribunal Federal. No site oficial está escrito que é o tribunal da cidadania. Será?

Um simples passeio pelo site permite obter algumas informações preocupantes.
O tribunal tem 160 veículos, dos quais 112 são automóveis e os restantes 48 são vans, furgões e ônibus. É difícil entender as razões de tantos veículos para um simples tribunal. Mais estranho é o número de funcionários. São 2.741 efetivos.

Muitos, é inegável. Mas o número total é maior ainda. Os terceirizados representam 1.018. Desta forma, um simples tribunal tem 3.759 funcionários, com a média aproximada de mais de uma centena de trabalhadores por ministro!! Mesmo assim, em um só contrato, sem licitação, foram destinados quase R$2 milhões para serviço de secretariado.
Não é por falta de recursos que os processos demoram tantos anos para serem julgados. Dinheiro sobra. Em 2010, a dotação orçamentária foi de R$940 milhões. O dinheiro foi mal gasto. Só para comunicação e divulgação institucional foram reservados R$11 milhões, para assistência médica a dotação foi de R$47 milhões e mais 45 milhões de auxílio-alimentação. Os funcionários devem viver com muita sede, pois foram destinados para compra de água mineral R$170 mil. E para reformar uma cozinha foram gastos R$114 mil. Em um acesso digno de Oswaldo Cruz, o STJ consumiu R$225 mil em vacinas. À conservação dos jardins — que, presumo, devem estar muito bem conservados — o tribunal reservou para um simples sistema de irrigação a módica quantia de R$286 mil.
Se o passeio pelos gastos do tribunal é aterrador, muito pior é o cenário quando analisamos a folha de pagamento. O STJ fala em transparência, porém não discrimina o nome dos ministros e funcionários e seus salários. Só é possível saber que um ministro ou um funcionário (sem o respectivo nome) recebeu em certo mês um determinado salário bruto. E só. Mesmo assim, vale muito a pena pesquisar as folhas de pagamento, mesmo que nem todas, deste ano, estejam disponibilizadas. A média salarial é muito alta. Entre centenas de funcionários efetivos é muito difícil encontrar algum que ganhe menos de 5 mil reais.

Mas o que chama principalmente a atenção, além dos salários, são os ganhos eventuais, denominação que o tribunal dá para o abono, indenização e antecipação das férias, a antecipação e a gratificação natalinas, pagamentos retroativos e serviço extraordinário e substituição. Ganhos rendosos. Em março deste ano um ministro recebeu, neste item, 169 mil reais. Infelizmente há outros dois que receberam quase que o triplo: um recebeu R$404 mil; e outro, R$435 mil. Este último, somando o salário e as vantagens pessoais, auferiu quase meio milhão de reais em apenas um mês! Os outros dois foram “menos aquinhoados”, um ficou com R$197 mil e o segundo, com 432 mil. A situação foi muito mais grave em setembro.
Neste mês, seis ministros receberam salários astronômicos: variando de R$190 mil a R$228 mil.

Os funcionários (assim como os ministros) acrescem ao salário (designado, estranhamente, como “remuneração paradigma”) também as “vantagens eventuais”, além das vantagens pessoais e outros auxílios (sem esquecer as diárias). Assim, não é incomum um funcionário receber R$21 mil, como foi o caso do assessor-chefe CJ-3, do ministro 19, os R$25,8 mil do assessor-chefe CJ-3 do ministro 22, ou, ainda, em setembro, o assessor chefe CJ-3 do do desembargador 1 recebeu R$39 mil (seria cômico se não fosse trágico: até parece identificação do seriado “Agente 86”).

Em meio a estes privilégios, o STJ deu outros péssimos exemplos. Em 2010, um ministro, Paulo Medina, foi acusado de vender sentenças judiciais. Foi condenado pelo CNJ. Imaginou-se que seria preso por ter violado a lei sob a proteção do Estado, o que é ignóbil. Não, nada disso. A pena foi a aposentadoria compulsória. Passou a receber R$25 mil. E que pode ser extensiva à viúva como pensão. Em outubro do mesmo ano, o presidente do STJ, Ari Pargendler, foi denunciado pelo estudante Marco Paulo dos Santos. O estudante, estagiário no STJ, estava numa fila de um caixa eletrônico da agência do Banco do Brasil existente naquele tribunal. Na frente dele estava o presidente do STJ. Pargendler, aos gritos, exigiu que o rapaz ficasse distante dele, quando já estava aguardando, como todos os outros clientes, na fila regulamentar. O presidente daquela Corte avançou em direção ao estudante, arrancou o seu crachá e gritou: “Sou presidente do STJ e você está demitido. Isso aqui acabou para você.” E cumpriu a ameaça. O estudante, que dependia do estágio — recebia R$750 —, foi sumariamente demitido.

Certamente o STJ vai argumentar que todos os gastos e privilégios são legais. E devem ser. Mas são imorais, dignos de uma república bufa. Os ministros deveriam ter vergonha de receber 30, 50 ou até 480 mil reais por mês. Na verdade devem achar que é uma intromissão indevida examinar seus gastos. Muitos, inclusive, podem até usar o seu poder legal para coagir os críticos. Triste Judiciário. Depois de tanta luta para o estabelecimento do estado de direito, acabou confundindo independência com a gastança irresponsável de recursos públicos, e autonomia com prepotência. Deixou de lado a razão da sua existência: fazer justiça.

MARCO ANTONIO VILLA é historiador e professor da Universidade Federal de São Carlos (SP).

"por um médico que seja, antes de tudo, especialista em gente."

SPECIAL
Dois anos no SUS: médicos especialistas em gente,por Alexandre Padilha
Alexandre Padilha, ministro da Saúde, especial para o Blog do Noblat

Dos quase 15 mil formados em Medicina no ano passado, sabe qual a chance de uma parcela ter passado pela experiência de acompanhar uma mesma gestante durante nove meses, do início da gravidez até o seu parto? Praticamente zero.

Quantos acompanharam o crescimento e desenvolvimento de uma criança do seu nascimento até ela completar pelo menos um ano, suas interações com a mãe, com a família, com os medicamentos, com as possíveis internações e reações a vacinas? Praticamente nenhum.

Quantos acompanharam por pelo menos um ano um paciente que sobreviveu ao AVC, sua recuperação, fisioterapia, novos medicamentos, intercorrências?

Quantos acompanharam por pelo menos um ano um mesmo paciente diagnosticado por dois dos problemas mais comuns em saúde do nosso país, como diabetes ou depressão, observando a resposta aos medicamentos de primeira escolha, o impacto da mudança de hábitos, a resposta ao tratamento, a necessidade de troca de medicamento? Novamente a resposta é: praticamente nenhum.

Foi para formar médicos mais preparados, com mais experiência, seguros de como lidar com problemas cada vez mais comuns da saúde que o governo encaminhou ao Congresso, ao CNE (Conselho Nacional de Educação) e à Comissão Nacional de Residência a proposta de dois anos de treinamento, em serviço remunerado, na Atenção Básica e Urgência-Emergência ao final da conclusão da sua formação.

Serão pelo menos seis meses de debate. Depois mais sete anos de preparação, pois as regras só valem para quem entrar na Faculdade de Medicina em 2015. Ou seja: terão o treinamento em serviço em 2021.

A proposta não surgiu nos gabinetes do Ministério da Saúde ou do Ministério da Educação. Ela é inspirada em mudanças feitas em países europeus como Inglaterra, Suécia, Portugal e Espanha.

O objetivo é exatamente dar suporte para que os médicos estejam aptos a lidar com as doenças mais comuns entre nós, que são aquelas que exigem cuidado continuado, multiprofissional e com mudanças nos hábitos de vida. Este debate vem sendo travado repetidas vezes nos fóruns de Educação Médica.

Muitos alegam que os estudantes hoje atendem no SUS, principalmente durante os dois anos de internato. É verdade, pois ninguém se formaria médico no Brasil se não existisse o SUS, embora nem todos reconheçam. Mas por que hoje isso não é suficiente?

Porque o internato, na maioria das vezes, ocorre de forma fragmentada, por especialidades, sem o período de acompanhamento continuado de um paciente. A visão que prevalece atualmente é quase sempre pautada nas especialidades, majoritariamente em um ambiente hospitalar, muito diferente da realidade de vida de qualquer de um de nós. Mais ainda da grande maioria da população brasileira.

Quando acompanhava os dedicados estudantes da Faculdade de Medicina da USP nas enfermarias de Alta Complexidade do HC/FMUSP ou no estágio opcional no núcleo da USP no interior do Pará eram mais do que visíveis estes contrastes.

Não por culpa dos estudantes, pois são eles que sofrem cada vez mais a pressão da especialização precoce, que deveria na verdade ocorrer numa etapa posterior, da residência médica. O médico ainda em formação vê hoje o paciente aos pedaços, pelo corte da especialidade, e não integralmente, por um período continuado.

Os dois anos de treinamento em serviço da Atenção Básica e Urgência-Emergência acontecerão em unidades ligadas às faculdades, o que aproximará cada vez mais a escola formadora da rede de saúde. Na Atenção Básica serão supervisionados por médicos especialistas em Medicina da Família, reforçando a importância desta especialidade, bastante valorizada em outros países.

Como foi dito no lançamento do programa, o debate acontecerá livremente no Conselho Nacional de Educação e na Comissão Nacional de Residência Médica sobre como, por exemplo, este estágio poderá servir como o primeiro ano de um conjunto de especialidades médicas.

O que não se pode negar é que mudou muito o perfil de saúde da nossa população. Cada vez mais conviveremos com doenças do envelhecimento, do ambiente urbano, doenças crônicas que exigem cuidado continuado por um médico que seja, antes de tudo, especialista em gente.

domingo, 14 de julho de 2013

Desenvolvimento no Vale do Jaguari, passa pela cultura que todos construímos.

A cultura é transformadora a história prova.

A Cultura no Vale do Jaguari, acredito vai fazer uma reflexão transformadora na consulta popular, teatro, rock, tradicionalismo, turismo, inclusão digital, estação do conhecimento, festivais, feiras do livro, nossa cara, nossa imagem vai dar novos rumos a o desenvolvimento regional. Não tenho dúvida.


Eu, meu violão, meus quadros e meus livros, estamos convictos desta questão.

Saudações coloradas a todos os gaúchos e gaúchas.



                       Gente boa, sinto no fundo de minha alma, algo muito semelhante quando meu time do coração foi campeão do mundo. Estamos longe de estar matando a bola e atropelando adversários, porem a vitória sobre o Fluminense tem um significado do outro lado do mundo, em outra dimensão. Vencer um cara com Abel Braga que temos em sua liderança referencia, o Dunga começa, apesar de suas roupas poucas e estridente palavras, e Dunga disneilandiamente não é Dunga é Zangado. 
                       Como sou meio visionário no quesito Grêmio Futebol Porto Alegrense, afirmo. Saiu Luxemburro e entrou um burro de luxo como técnico. Querem imitar o Internacional em ter um líder como técnico. Conheci o Renato nas noites de Poa e nas entrelinhas, vai levar o Grêmio para pior estado nos últimos tempos. Bom para quem vai implodir sua casa, seu museu de história e lutas sangue e suor, merece mesmo este torto. Vão se ferrar.

quinta-feira, 11 de julho de 2013

Onde começou os manifestos pela paz e justiça. Santa Maria - RS



Marcha pela paz e justiça em Santa Maria.


Mais de 35000 cidadãos, como uma grande família em silêncio de branco, tempo em tempo palmas, e no fundo por vezes alguma vozes cantavam Pais e Filhos de Legião Urbana.

Por onde passávamos as fileiras aumentavam. Pessoas nas sacadas com tecidos brancos. No inicio, a praça Saldanha da Gama por volta das 21:00 hs, estava tomada. A maioria jovens mas pessoas de todas as idades ombro a ombro, de mãos, abraçados em silencio que se rompia com estrondosos aplausos, algo triste mais harmônico e de um acústico muito lindo.


Quando passamos pele esquina da Boate Kiss, o cheiro de fumaça era ainda muito forte, e os aplausos decolavam. Quando passamos no túnel da Rio Branco é que tínhamos ideia da dimensão da caminhada pela paz. A descida pela Presidente Vargas foi rápida e a tomada do Farresão numa organização perfeita. Em um momento foi necessário passar uma ambulância no meio das pessoas, com gritos espontâneos, "abre, abre", como algo ensaiado e muito treinado, um corredor Humano se abriu a viatura seguiu seu rumo rapidamente, em silencio se recompôs e a marcha seguia normalmente, sobre aplausos e mais forte.


Uma marcha triste, um silencio que ecoava nas paredes dos prédios.
Solidariedade, sentimentos de indignação, paz e busca por justiça.
Algo que marcou todos nós para o resta o de nossas vidas.
Santa Maria, verdadeiramente ja não é a mesma. Não só pela tragédia, não só pela a luta com paz pela justiça, mas pela solidariedade, um sentindo de irmandade que nunca imaginei existir.

Uma cidade que com muita dor se tornou na fé, na paz, muito mais forte. 

Indescritível.

Espanha desemprego, desesperança.


Espanhóis fazem fila para disputar vaga de salva-vidas





VALÊNCIA – Uma convocação feita pela Cruz Vermelha para trabalho temporário de salva-vidas nas praias da Espanha teve concorrência de mais de dez candidatos por vaga, apesar do mau tempo e da chuva forte neste sábado.

Segundo a agência de notícias Efe, 1.463 pessoas compareceram para se candidatar às 140 vagas oferecidas para trabalhar na praia de Valência, durante o verão. O teste de seleção foi feito com prova prática de natação na praia de Pinedo.

O número de candidatos foi quase o dobro dos 850 que disputaram o mesmo número de vagas no verão do ano passado, informou a Cruz Vermelha.

As vagas oferecidas são para médicos, enfermeiros, socorristas sanitários e aquáticos, chefes de embarcações e motoristas de ambulância.

A disputa acirrada por vagas temporárias reflete a situação do desemprego na Espanha, um dos países mais atingidos pela crise na europa.

No primeiro trimestre, o país superou pela primeira vez em sua história a marca de 6 milhões de desempregados, o equivalente a mais de 27% da população economicamente ativa, segundo dados do Instituto Nacional de Estatísticas. A população total da Espanha é de 47,3 milhões de habitantes.

O desemprego cresceu em quase todas as regiões. Todos os setores da economia foram atingidos pela crise. Desde 2002 não havia tão poucos espanhóis empregados: 16,6 milhões. Mais de 3,5 milhões estão procurando emprego sem sucesso há pelo menos um ano.

Entre os jovens, a situação é mais grave. Dos espanhóis com menos de 25 anos, mais de 960 mil – 57,2% – não têm emprego.



quarta-feira, 10 de julho de 2013

Escola Rubem Lang e o Instituto Federal Farroupilha em Santiago.

      


   A Escola Rubem Machado Lang  tem uma história marcante na cidade de Santiago. Numa área nobre na margem da BR 287, com aproximadamente 77 hectares, teve em sua constituição histórica com a Febem, Escola técnica  que com futuro e expectativas prósperas para nossa cidade, foi  grosseiramente abandonado de suas funções por falta de gestão e roubalheira descarada, e uma má vontade, incompetência de governos estaduais anteriores, uma lástima e perda de tempo para a educação dos jovens de Santiago e região incalculáveis.
                Durante bom tempo, a comunidade organizada, de diversos setores de Santiago, lutou pela reabertura deste espaço educacional, via Estado e o sonho de uma unidade federal para a educação técnica e superior gratuita com qualidade para as futuras gerações. Sou testemunha, não faltou empenho, estudo, idas e vindas politicas e sociais nesta caminhada da sociedade civil, poderes executivo e legislativo e políticos que atuam em nossa cidade e região. Em um determinado momento com a unidade destes esforços e bandeiras partidárias lutando por um mesmo objetivo quase chegamos lá, mas como um sonho frustrado, foi parar em Jaguari, com os méritos da caminhada e esforço da comunidade de Jaguari. Não há magoas, não há derrotados o Vale do Jaguari cresceu com o IFET no Chapadão. Mas não desistimos nunca de poder proporcionar a nossos filhos  aqui em nossa terra esta possibilidade de educação. Nossos cidadãos  tem o direito de seus filhos se formarem em técnicos e universitários de forma gratuita e de qualidade sem gastos  no orçamento familiar.
                Recordando em 2010 o então candidato a governador Tarso Genro em sua caravana de diálogo e construção de programa de governo, esteve em junho de muito frio em Santiago no Clube União e fez um debate com a comunidade onde foi solicitado a reflexão e empenho para o resgate da vergonhosa situação da escola Rubem Lang e a importância para todos nós, bem como a necessidade   do fortalecimento do Ensino Técnico e a conquista de Educação Superior na região.
                     Nossa comunidade nunca desistiu e o agora Governador Tarso Genro   atento com nossos pleitos e compromissado com nossa tragetória.
                      Durante este período tanto a Coordenação de Educação da 35º de São Borja, que criou o Núcleo de Educação em Santiago aproximando o Estado da comunidade agilizando ações e projetos, como a SEPLAG - Secretaria de Planejamento e Participação Cidadã dedicaram-se a esta orientação de Governo: Rubem Lang, ensino técnico e superior. Foram vários diálogos com a sociedade organizada e parceiros para encontrarmos um projeto viável, um processo em construção com apoio importante de tantos e tantas, como o esforço fundamental,  do Instituto Professor Isaías  Cpers regional, Prefeitura, vereadores,  imprensa, com o propósito de somar esforços para esta conquista.
                           Em março, como uma visão de páscoa de renascer e por caminhos do destino, em Jaguri Governo do Estado ‘SEPLAG RS” e Educação Federal IFET afunilaram o debate, reorganizando ideias, ações   rearticulação de parceiros. 
                         Em julho, depois de  muita reflexão e trabalho coletivo, foi encaminhado com muita responsabilidade a retomada do espaço da Rubem Lang e   sua vocação para Educação. O Estado do Rio Grande do Sul em parceira com o Instituto Federal Farroupilha e apoio e esforço  da Prefeitura Municipal de Santiago  acertaram os novos caminhos da educação em Santiago com  reflexo em toda região.
                    Teremos sim Educação Federal de qualidade e gratuita para nossos  cidadãos. Em 2014 estará operando esta nova unidade extensiva do IFET campus Jaguari em Santiago, como uma semente robusta e forte, plantada por várias mãos, e com um futuro que depende de todos nós. Saberemos sim cuidar desta nova vida.
                  Parabéns a todos que não desistiram, parabéns a Santiago e vale do Jaguari. Seja muito bem vindo Instituto Federal.
                  Obrigado a todos e a todas e temos a certeza que estamos conquistando um grande espaço educacional para a qualificação de nossos jovens, para o ingresso no mercado de trabalho, bem como, todos os cidadãos que buscaram no conhecimento as condições para um melhor desempenho da sua atividade profissional.

Tide Lima.
Coordenador Seplag – RS – Vale do Jaguari.        
                  

Ana Amelia Crussius - Yeda Amelia Lemos.



                            São duas senhoras com trajetórias muito parecidas e respeitáveis dentro de suas convicções políticas. Muito amigas e isto eu admiro, amigo é tudo, mas elas me confundem em suas práticas e opções, tanto que Ana Amelia Crussius ou Yeda Amelia Lemos, nossa me confundo,,,,,,,,
                               Recordando, elas são Serra, isto elas não me confundem. Parabéns meninas.